Barra Urgente

Barra Urgente


Policiais civis decidem paralisar as atividades por 48 horas

Terça | 30.09.2014 | 08h05
Autor: Adelson Carvalho


Foto: Divulgação | SINDPOC

A Polícia Civil decidiu paralisar as atividades por 48 horas nos dias 30 e 1º de outubro (início às 8h do dia 30 até às 8h do dia 2) em assembleia promovida pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC), na manhã desta segunda-feira, dia 29, caso até a data o governo não tenha publicado a lista final dos promovidos. De acordo com a direção do sindicato, as promoções deveriam ter sido divulgadas em abril.

 

O presidente Marcos Maurício afirmou que o Governo do Estado está descumprido dois acordos: um firmado em 2009, em relação à promoção da classe III para II; e outro firmado em 2012, correspondente à promoção da classe II para I. Conforme Marcos, a relação de promovidos deve conter o nome de 1460 profissionais. “Os processos de promoção foram previstos no art.8º da Lei nº 12.601, e não existe dualidade em artigo de lei. Ou por má fé o governo nos passou o dado quantitativo errado, ou por despreparo da atual gestão”, analisou ao ressaltar que a promoção é importante e motivacional para o policial, já que é o reconhecimento de sua dedicação e empenho no exercício da carreira.

 

Segundo o sindicalista segurança pública é um serviço essencial, mas infelizmente a atual gestão não dá a devida assistência aos funcionários do setor, que são deixados de lado por questões políticas partidárias. “São criados vários projetos que não dão resultado porque são generalistas, quando o necessário é ir à raiz do problema. Isso acontece em razão de uma gestão ruim e ultrapassada, que beneficia somente os gestores (na briga de poder) e não a sociedade”, lamentou.

 

Com as atividades paralisadas ou não, no dia 30, a partir das 9h, haverá uma nova assembleia da categoria no auditório da Associação dos Funcionários Públicos do Estado (AFPEB), região central de Salvador. Na ocasião, os policiais irão doar sangue. Uma unidade móvel do Hemoba deve estar no local.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.