Barra Urgente

Barra Urgente


Servidores da Justiça Federal na Bahia rejeitam proposta de reajuste salarial do governo

Segunda | 29.06.2015 | 20h00
Autor: G1


Foto Reprodução


Os servidores da Justiça Federal na Bahia rejeitaram a proposta de reajuste salarial apresentada pelo governo federal, em duas assembleias realizadas na tarde da última sexta-feira (26). As assembleias foram realizadas no Fórum da Justiça do Trabalho, no Comércio e na Justiça Federal. A proposta apresentada pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Judiciário, Nelson Barbosa, prevê o pagamento do reajuste de forma parcelada, entre os anos de 2016 e 2019, sendo 5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018, 4,5% em 2019. Segundo o ministro do Planejamento, o reajuste foi calculado com base na inflação estimada para o período. Os servidores baianos pedem que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski rejeite a proposta e cobre a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 28/2015, que dispõe sobre o reajuste salarial da categoria. Segundo o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal na Bahia (Sindjufe-BA), as perdas salariais da categoria já ultrapassam 50%. Na assembleia, também foi definido que a entidade vai indicar uma conta corrente para receber doações destinadas ao fundo de greve do sindicato.

 

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.