Barra Urgente

Barra Urgente


Empresa de telefonia demite funcionário que mandou mensagens para cliente

"Também foi registrado um Boletim de Ocorrência na Polícia", informou a NET, em nota divulgada à imp

Sexta | 29.05.2015 | 10h00
Autor: iBahia


Foto: Divulgação


A NET divulgou uma nota nesta quinta-feira (28), onde informa que o funcionário responsável por enviar mensagens de assédio para uma jornalista foi demitido. No texto, a empresa explica ainda que registrou um Boletim de Ocorrência na Polícia para que o caso seja investigado na esfera criminal.

A notícia do assédio tomou conta da internet na quarta-feira (27), quando a jornalista Ana Prado compartilhou prints das mensagens que o funcionário da NET enviou para ela, através do Whatsapp. Segundo ela, o rapaz teria entrado em contato por telefone para oferecer um pacote promocional. Logo em seguida, ele, então, mandou mensagens pelo aplicativo."Desculpa, mas fiquei curioso. Por conta da sua voz", escreveu ele. A jornalista, então, disse que se tratava de algo "invasivo" e que ele poderia ser processado. Irônico, o rapaz respondeu: "Perdão pela imensa invasão. Agora, caso queira me processar ou processar quem quer que seja, fique à vontade. Terei o prazer de ganhar a causa".

Ana compartilhou os prints da conversa nas redes sociais e, revoltada com a situação, desabafou: "Aquilo não era só mais uma cantada tonta de um cara inconveniente. Era uma cantada tonta de um cara que tem acesso aos meus dados pessoais e fez uso indevido para fins pessoais". Ela entrou em contato com a NET e foi informada que, provavelmente, ele fazia parte de uma empresa terceirizada de telemarketing. Confira a nota divulgada pela empresa de telefonia:

"NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação aos fatos relatados pela cliente Ana Prado, a NET informa que o atendente foi identificado e desligado de suas funções na data de ontem, 27/05/2015. Paralelamente, foi registrado um Boletim de Ocorrência pela cliente e o caso seguirá os trâmites usuais da esfera criminal. A empresa está reforçando a orientação junto a todos os colaboradores sobre seu código de conduta ética e das consequências do uso indevido de informações de clientes.

Aproveitamos a oportunidade para divulgar o e-mail conduta.net@net.com.br, canal exclusivo para comunicação de eventuais desvios de conduta de colaboradores próprios ou terceiros. Todos os casos reportados são rigorosamente averiguados. A NET reforça, ainda, que repudia qualquer comportamento inadequado por parte de colaboradores e que não mede esforços em zelar pela integridade e sigilo das informações de seus clientes. Por fim, como neste caso, asseguramos que serão tomadas todas as medidas cabíveis para coibir práticas em desacordo com os valores da empresa".

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.