Barra Urgente

Barra Urgente


A ciência do porquê ninguém concorda com a cor do vestido

Sexta | 27.02.2015 | 20h15
Autor: Nossa Voz Bahia


Foto: Reprodução

Desculpe, mas o vestido é azul!

Esta luta é muito mais do que um conflito de opiniões pessoais em mídias sociais – é sobre a biologia primitiva e como os cérebros e olhos humanos evoluíram para ver a cor em um mundo iluminado pelo Sol.

 

A equipe de análise de imagem da WIRED – conduzida brevemente em existenciais espasmos de desespero por terem enxergado um vestido branco e dourado – eventualmente moveram-se a explicação contextual, de cor-constância. “Inicialmente, pensei que era branco e dourado,” diz Neil Harris, editor sênior da foto.

 

“Quando eu tentei balancear a imagem para o branco, isso acabou não fazendo muito sentido.” Ele viu azul nos realces, dizendo-lhe que o branco que estava vendo era o azul, e o dourado era o preto. E quando Haris inverteu o processo, balanceando para o pixel mais escuro na imagem, o vestido apareceu azul e preto. “Ficou claro que o ponto adequado na imagem é a partir do ponto preto”, diz Harris.

 

Então, o contexto varia de acordo com a percepção visual das pessoas. “A maioria das pessoas enxergarão azul no fundo branco como azul”, diz Conway. “Mas no fundo preto alguns podem enxergar branco.” Ele ainda especula que, talvez em tom de brincadeira, que o preconceito de ouro branco favorece a ideia de ver o vestido sob a forte luz do dia. “Eu aposto que corujas são mais propensas a enxergar azul escuro”, diz Conway. Pelo menos todos podemos concordar em uma coisa: As pessoas que veem o vestido como branco estão totalmente, completamente erradas.

Foto: Reprodução

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.