Barra Urgente

Barra Urgente


Vândalos saqueiam e picham hotel do doleiro Alberto Youssef em Porto Seguro

Sexta | 27.02.2015 | 11h57
Autor: Voz da Bahia


Foto: Reprodução

O hotel que o doleiro Alberto Youssef construiu na Bahia foi invadido, saqueado e pichado nesta quinta-feira (26) em Porto Seguro (BA) por um grupo de vândalos. Ninguém foi preso e não se sabe quantas pessoas estiveram na ação. Imagens da imprensa local mostram materiais de construção degradados e vasos sanitários no chão, num cenário de abandono. A Polícia Federal de Porto Seguro confirmou o ato de vandalismo, sem dar mais detalhes. “Petrobras é do povo”, “Quem rouba de ladrão tem cem anos de perdão” e “O Hotel é do povo” foram algumas frases deixadas no local, que está sem funcionar há cerca de dois anos. A polícia informou ainda que o grupo saqueou alguns dos materiais de construção, sem especificar quais seriam.

 

Após a ação, os vândalos deixaram o hotel, às margens da BR-367, entre Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, duas importantes cidades turísticas da Bahia. Batizado de “Príncipe da Enseada” e integrante da rede Web Hoteis, o estabelecimento está em poder da Justiça Federal desde janeiro deste ano, quando o doleiro Alberto Youssef abriu mão de imóveis e outros bens que possui no Brasil, após um acordo.

 

Apontado como operador do esquema de corrupção na Petrobras, Alberto Youssef disse à Justiça que os estabelecimentos e bens que abriu mão são fruto de dinheiro oriundo de atividade criminosa. Dentre os bens dele na Bahia também estão um imóvel de 300 metros quadrados, em Camaçari, e um terreno de R$ 5,3 milhões num loteamento em Lauro de Freitas, ambos na Grande Salvador. A Folha tentou contato com a rede Web Hoteis, responsável pela operação do “Príncipe da Enseada”, por meio dos telefones disponíveis na internet, mas um atendente informou que os números agora pertencem a outro grupo de hotéis. O doleiro Alberto Youssef está preso em Curitiba em decorrência da Operação Lava Jato.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.