Barra Urgente

Barra Urgente


Resultado da busca pela categoria "tecnologia"

Aplicativo para recuperar carros roubados localiza mais de 100 mil veículos

Segunda | 23.02.2015 | 16h03
Autor: Bahia Notícias


Foto: Reprodução / TV Globo

Um aplicativo do Ministério da Justiça para celulares e tablets já ajudou a localizar mais de 100 mil carros roubados ou furtados em um ano. A ferramenta já foi baixada mais de 3,6 milhões de vezes em tablets e celulares, de acordo com o Jornal Hoje.

 

Além da busca por veículos, feita através da placa, ele também permite buscas por pessoas desaparecidas e com ordens de prisão expedidas. "É importante que as pessoas tenham em mente que isso é um serviço gratuito, que já está à disposição", afirmou Regina Miki, secretária nacional de Segurança.

 

As informações são do banco de dados do Denatran, que integra informações das secretarias estaduais de Segurança Pública e do governo federal, o que reúne registros de restrições de 9,5 milhões de veículos. "Eu acho que o cidadão adora por hábito baixar todos os aplicativos que ele por ventura acha que um dia possa precisar uma hora", opina Miki.

Facebook permite escolha de amigo para cuidar do perfil após morte do usuário

Sexta | 13.02.2015 | 08h05
Autor: Voz da Bahia


Foto: Reprodução

"O Facebook é um lugar para compartilhar e se conectar com amigos e família. Para muitos de nós, também é um lugar para lembrar e homenagear as pessoas que perdemos", destacou o Facebook em um post anunciando a atualização. Até recentemente, o Facebook podia criar uma página "memorial" quando informado da morte de um dos usuários, mas ninguém podia administrar essa página. Mas, "ao falar com as pessoas que experimentaram perdas, percebemos que há mais que podemos fazer para quem vive o luto e quem quer ter o direito de opinar sobre o que acontece com sua conta após a morte", diz o texto do site.

 

A pessoa escolhida para administrar a conta também poderá atualizar o perfil e a foto de capa, responder a familiares e amigos. Ao escolher essa pessoa, o usuário também poderá dar permissão para que esta baixe um arquivo com todas fotos, posts e informações de perfil. Mesmo assim, o contato não poderá acessar a conta como se fosse a pessoa que morreu nem ver as mensagens trocadas.

Whatsapp lança aguardada versão para computadores

Quinta | 22.01.2015 | 11h57
Autor: Nossa Voz Bahia


Foto: Reprodução

Um desejo antigo de muitos usuários do WhatsApp vai finalmente se tornar real. O CEO Jan Koum anunciou nesta quarta-feira (21) o lançamento de uma versão para web do aplicativo de troca de mensagens. “Hoje, pela primeira vez, milhões de vocês terão a habilidade de usar o WhatsApp em seu navegador web”, escreveu Koum.

 

Os usuários que já tiverem recebido a atualização – é preciso aguardar que o app disponibilize para cada smartphone – poderão acessar a página web.whatsapp.com pelo navegador Google Chrome. Em seguida, é preciso fazer o scan do QR disponível a partir de uma ferramenta  no app do smartphone.

 

O serviço estará inicialmente disponível apenas para Android, Windows Phone e BlackBerry. Os usuários de iPhone terão de esperar um pouco mais porque a plataforma da Apple, o iOS, fica de fora por incompatibilidade com a plataforma. A atualização do WhatsApp será gradualmente disponibilizada aos usuários.

GIFs começam a ser exibidos no Facebook

Sexta | 19.12.2014 | 20h10
Autor: Redação: iBahia


Foto: Divulgação

O  Facebook começou a liberar a exibição de GIFs na rede social. Até então, o usuário podia postar a URL de um GIF, contudo, para ver a imagem em funcionamento, era preciso clicar nela e ser redirecionado até o site original. Com a mudança, ao publicar a URL de um GIF em uma postagem, basta clicar no botão "GIF" que aparece sobre ela para que ela comece a ser reproduzida em loop. O recurso ainda não está disponível para todos os usuários, mas deve ficar disponível de forma gradativa.

Tim é indicada como melhor internet banda larga do Brasil no mês de outubro; veja lista de melhores

Sábado | 15.11.2014 | 17h06
Autor: Redação iBahia


Entre os fatores de avaliação estão a diversidade dos aparelhos utilizados pelos assinantes e o estado de suas conexões domésticas (Foto:Reprodução)

Desde fevereiro de 2014, a Netflix divulga mensalmente o ranking das melhores e piores operados do país que oferecem intenert banda larga no Brasil. Desde a primeira lista a Telefônica permanece em último lugar e a Live Tim, se mantém em primeiro. De acordo com a empresa, entre os fatores de avaliação estão as condições que a Netlix usa para transmitir séries e filmes, a diversidade dos aparelhos utilizados pelos assinantes e o estado de suas conexões domésticas.

 

"As velocidades listadas refletem a performance média de todas as transmissões na rede de cada operadora e são um indicador da performance tipicamente experimentada por todos os usuários na rede de uma operadora", disse a empresa.

 

Confira ranking:

 

1º TIM: A Live TIM manteve o primeiro lugar e ofereceu aos seus clientes velocidade média de 3,34 Mbps.



2º GVT: Em segundo lugar está a GVT. A empresa forneceu 3,28 Mbps, em média.



3º NET: Já a NET Virtua ficou em terceiro lugar com 2,88 Mbps.



4º Algar: A Algar ofereceu velocidade de 2,24 Mbps aos seus clientes. A operadora oferece serviços para empresas.



5º Oi: O serviço Oi Velox prestou 1,65 Mpbs, estando entre as últimas do ranking.



6º Telefônica: A Telefônica permaneceu em último lugar. A empresa ofereceu 1,61 Mbps. Lembrando que a companhia recentemente comprou a GVT, segunda colocada na lista da Netflix.

Aviso de mensagem lida poderá ser desativado do Whatsapp

Quinta | 13.11.2014 | 09h59
Autor: Redação iBahia


Foto: Reprodução

O Whatsapp pode voltar atrás e permitir a desativação do aviso de mensagem lida. De acordo com um dos beta testers do aplicativo,  Ilhan Pektas, o Whatsapp implementará uma opção que vai permitir a desativação desse polêmico recurso, podendo funcionar como a função que diz a que horas a pessoa ficou online pela última vez.


A atualização que permite saber quando o usuário leu a mensagem recebida aconteceu na última terça-feira (5) e gerou uma série de reclamações. Usuários da rede social criaram memes para criticar a novidade e seu principal concorrente, o Viber, aproveitou o momento para se autopromover. Os usuários do aplicativo também encontraram métodos para evitar que as pessoas soubessem quando suas mensagens tinham sido lidas.

Empresas apostam em computadores vestíveis que são usados na pele

Quarta | 12.11.2014 | 08h05
Autor: Redação iBahia


Empresas apostam em computadores vestíveis que são usados na pele (Foto Divulgação / The Universit)

Na próxima bem provável que possamos encontrar computadores vestíveis em alguma parte do corpo. A Apple e a Samsung, por exemplo, está apostando no pulso, já o Google, investe no rosto.  De acordo com a areportagem do New York Times, as empresas de tecnologias acreditam que todo o vestuário será eletrônico e que muitas dessas tecnologias desenvolvidas serão flexíveis , dobráveis e extremamente finas, para serem confundidos com a cor da pela,  além de serem mais baratos. 


Algumas empresas já estão começando a testar esse tipo de computador vestível. Como por exemplo, a empresa MC 10, que está testando a invenção no tamanho de um pedação de chiclete, que pode ter antenas sem fio. Nosso computador vestível fica sempre ligado à pessoa. Ele é menor, mais flexível e estirável, e possibilita colher todos os tipos de dados biométricos relacionados aos movimentos", contou o diretor da empresa Scott Pomerantz.

 

Ainda de acordo com a reportagem, os dispositivos seriam fáceis de manusear. A pessoa colocaria alguns sensores no copo na hora de sair, correr e depois veria uma análise altamente detalhada de seu exercício no telefone. Um segunda função seria descobrir o melhor desodorante para a pessoa certa através de um adesivo que monitora o grau de transpiração que seria enviado um e-mail com as devidas recomendações. Vale ressaltar, que nada ainda é comprovado e que apenas testes estão sendo feitos.

 

 

Corte de franquia da internet vai interromper acesso ao WhatsApp

Terça | 11.11.2014 | 08h05
Autor: Redação iBahia


Foto: Reprodução

Com o corte da internet após o fim do limite da franquia, já realizado por alguns operadoras de telefonia móvel do país - A Vivo já utiliza o corte parcialmente - tendem a perder o acesso ao WhatsApp - um dos aplicativos mais utilizados nos celulares e smartphones. Do ponto de vista legal, a mudança é permitida desde que estabelecida no contrato de prestação de serviço. É o que afirmou Adriana Pereira, diretora de Programas especiais do Procon/SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado de São Paulo). Segundo ela, as operadoras não podem alterar as regras dos contratos em vigência sem a autorização dos clientes.

 

 A TIM pretende seguir o mesmo caminho das concorrentes.  Ainda que tenha dito não prever qualquer ajuste, informou por meio de uma nota que está avaliando as diferentes possibilidades. "Estamos atentos às tendências de mercado e acredita que mudanças no formato de tarifação de dados móveis são um movimento natural, em linha com o crescimento contínuo do uso de internet nos celulares e outros dispositivos. Os clientes necessitam de franquias cada vez maiores e de uma experiência de internet de alta qualidade e – nesse contexto – o modelo de redução de velocidade após o consumo dos pacotes pode criar uma percepção negativa do serviço." Ja Claro afirmou que "está constantemente avaliando formas de oferecer aos seus clientes a melhor experiência em internet móvel do Brasil", mas não se posicionou contra ou a favor ao corte do acesso ao fim do limite da franquia, tampouco se vai ou não aderir ao modelo.

 

 

Compra da TIM



Atualmente, a Oi oferece pacotes pré-pagos de 30 MB semanal e 100 MB mensal (veja tabela), além de pacotes adicionais de R$ 2,90 (semana) e R$ 9,90 (mês). A  Vivo, implementou o mesmo sistema a clientes de Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Com informações do Jornal Estado de São Paulo.

 

As operadoras Claro e Vivo fecharam acordo com o banco BTG Pactual para, junto com a Oi, comprar a TIM Brasil, a segunda maior empresa do mercado brasileira, para, depois, reparti-la em três. O valor não está fechado, mas pode chegar a R$ 31,5 bilhões, o maior negócio no setor no país. São cerca de R$ 30 bilhões, mais um prêmio de 5% pago aos acionistas, incluindo minoritários. Em nota divulgada na sexta-feira (31), a Folha disse que será feita uma oferta aberta aos acionistas da Telecom Italia, dona da TIM Brasil, que decidirão em assembleia.


A entrega da proposta está condicionada à venda, por parte da Oi, da Portugal Telecom (PT) em Portugal, umnegócio que deve ser fechado na próxima semana. O valor dessa transação será de cerca de € 7 bilhões (R$ 22 bilhões), já descontando a dívida e incluindo um prêmio pelo controle. Com o dinheiro, a Oi reduzirá seu endividamento para bancar sua parte na oferta pela TIM.

 

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, classificou de “especulação” a notícia da possível compra da TIM pelas demais grandes operadoras de telefonia no Brasil. De acordo com informação publicada em alguns jornais, as operadoras Claro, Vivo e Oi estariam combinando comprar e fatiar a TIM. Segundo o ministro, isso não foi confirmado por representantes das empresas.


“Conversei com os dirigentes das três empresas [envolvidas na suposta compra da TIM]. Todos negaram”, disse nesta quarta-feira (5).  Paulo Bernardo, durante evento comemorativo dos 17 anos da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). “Acho que, por trás dessa notícia, há gente do mercado financeiro interessada em participações e em ganhar grandes somas... Tanto é que [por causa dessa notícia] a bolsa disparou”.

Apple define preço do iPhone 6 no Brasil

Sexta | 07.11.2014 | 14h00
Autor: Redação: iBahia


Na China, mais de 20 milhões de unidades dos smartphones foram vendidas durante o período da pré-venda.(Foto: Divulgação)

O iPhone 6 e o 6 Plus, que começam a ser vendidos no Brasil na próxima sexta-feira (14), já estão com os valores definidos pela Apple. O valor mínimo cobrado pela fabricante será de R$ 3.199,00, para o iPhone 6, que tem tela de 4,7 polegadas e memória de 16 GB. Já a versão mais "básica" do iPhone 6 Plus, que tem tela de 5,5 polegadas, sairá por R$ 3.599,00. O mesmo modelo com 128 GB de memória, custará R$4.399,00 reais.  Para adquirir o iPhone 6 e 6 Plus, os interessados devem comprar o aparelho na pré-venda, que começa nesta sexta (7) no site da Apple.  A empresa ainda não tem previsão para entrega aos consumidores.

 

Em suas duas novas versões, anunciadas no início de setembro, o iPhone ganhou telas maiores (4,7 e 5,5 polegadas). O aparelho chegou às lojas dos Estados Unidos em 19 de setembro, com preço a partir de 199 dólares. A Apple já lançou os novos produtos em diversos países, incluindo a China. Por lá, mais de 20 milhões de unidades dos smartphones foram vendidas durante o período de pré-venda.


Além das telas maiores, os iPhones ganharam novo design e ficaram mais finos. A espessura gerou polêmica quando alguns usuários reclamaram que o smartphone poderia entortar quando guardado no bolso. A Apple respondeu às críticas afirmando que apenas nove consumidores relataram oficialmente o problema. O iPhone 6 e 6 Plus também ganharam bateria com maior duração e chip NFC, que pode transformar o celular em um cartão de crédito.

Aplicativo ajuda motorista a se livrar de problemas no trânsito ou estacionamento

Quinta | 06.11.2014 | 18h05
Autor: Redação: iBahia


Foto: Divulgação

Um aplicativo promete facilitar a vida de vários motoristas em qualquer lugar, a qualquer hora, desde que estejam dispostos a colaborarem uns com os outros. Trata-se do DUD3, ferramenta lançada pela 2Mobile/Digital, que permite que os usuários cadastrados troquem mensagens grátis com outros motoristas a partir da placa do veículo.

 

O app funciona da seguinte forma. Ao baixar o aplicativo, ele pede que o motorista registre a placa do carro, telefone e nome. Após isso, se por acaso você estacionar e esquecer o farol aceso, ou o som ligado, ou simplesmente encontrar um veículo te travando, dentre outras coisas, é possível interagir com o outro motorista para resolver estes problemas sem gerar confusão. A ideia do aplicativo é fazer com que os motoristas se ajudem nas mais variadas situações, deixando você conectado ao seu carro, mesmo estando longe dele.


"É como um seguro, você não pode dirigir sem ele", disse o co-fundador do DUD3, João Paulo da Silva. O sistema já está disponível para iPhone e Android nos Estados Unidos e no Brasil. A previsão é que, até julho de 2015, também chegue à Europa e China.

Atualização do Whatsapp permite saber quando usuário leu mensagem

Quinta | 06.11.2014 | 09h59
Autor: Redação iBahia


Setas azuis significam que mensagem foi lida (Foto: Reprodução)

Muita gente esperava por isso, outros nem tanto, mas o fato é que agora é possível saber quando a outra pessoa leu uma mensagem enviada por você no aplicativo Whatsapp. A nova atualização da ferramenta de bate-papo fez com que as setas de confirmação de envio de mensagem passassem a ficar azul após a leitura do receptor.

 

A atualização não foi anunciada pelo site oficial do aplicativo e acabou passando despercebida por muita gente. Para os mais reservados, ainda não há o recurso de desativar a confirmação de leitura e ele funciona mesmo para quem desativou o recurso "visto pela última vez".


Antes, era possível saber apenas quando a mensagem foi enviada — um traço — e quando foi recebida — dois traços —, mas se após a confirmação de envio, os traços ficarem azuis, os usuários já possuem a certeza de que suas mensagens foram apreciadas. A atualização também vale para mensagens em grupo.

Ligações gratuitas através do WhatsApp devem começar em 2015

Sexta | 31.10.2014 | 14h00
Autor: Redação: iBahia


O planejamento do grupo é conquistas mais de 400 milhões de usuários para chegar ao total de 1 bilhão nos próximos anos. (Foto: Reprodução)

Foi anunciado nesta quinta-feira (30) durante uma conferência na Califórnia pelo diretor executivo do WhatsApp, Jan Koum, que as chamas de voz por meio do aplicativo só devem começar a serem realizadas em 2015. Inicialmente, o plano era lançar a nova função até o final deste ano. 


De acordo com Jan o principal motivo para o adiamento do serviço, comprado pelo Facebook em fevereiro deste ano, seria as dificuldades técnicas. A equipe ainda está buscando uma maneira segura para oferecer ligações através da internet que funcione bem principalmente nos países onde a conexão de dados é precária. Além de que, em alguns modelos, o WhatsApp não tem acesso ao microfone de cancelamento de ruídos, o que acaba prejudicando a qualidade da chamada.

 

O diretor executivo garantiu ainda que o aplicativo não deverá competir diretamente com o Facebook Messenger, já que ele se baseia pelos contatos da rede social. O planejamento do grupo é conquistar mais de 400 milhões de usuários para chegar ao total de 1 bilhão nos próximos anos.

Viber cria grupos abertos e mistura RSS com bate-papo para concorrer com o WhatsApp

Quinta | 28.08.2014 | 14h00
Autor: Redação iBahia


Mudanças no Viber devem começar a funcionar em setembro (Foto: Reprodução)

Na tentativa de sair à frente do WhatsApp, o aplicativo Viber apresentou nesta semana o chamado “Grupos Abertos” (ou “open chats”, em inglês): um misto de boletim RSS com conversa de grupo, para fazer uma ponte entre o mundo público e o privado.

 

A partir de uma tela inicial com diversas listas (como no RSS), nas quais qualquer usuário do Viber pode se inscrever, grupos dos mais diversos tipos podem criar salas de chat dedicadas a assuntos específicos.

 

Em entrevista ao TechTudo, Luiz Felipe Barros, diretor do Viber no Brasil, disse que um dos grandes diferenciais dos Grupos Abertos é para a interação em Segunda Tela e o Real-Time Marketing. Assim, os usuários do aplicativo encontrarão facilmente grupos sobre os assuntos que ele quiserem seguir e os donos dos grupos terão uma ferramenta para gerar e produzir conteúdo em tempo real.

 

Os grupos podem ser criados por qualquer usuário do Viber com os membros que escolherem e sobre o tema que quiserem. Para o lançamento, foram fechadas mais de 40 parcerias com produtores de conteúdo, entre grupos de notícias sobre cinema, música, TV, decoração e entretenimento.

 

Lançamento

 

O serviço deve ser lançado a partir de setembro no iOS e no Android, com previsão de uma versão para desktop ainda no mesmo mês. Baixe e aguarde a atualização.