Barra Urgente

Barra Urgente


Resultado da busca pela categoria "mundo"

Papa Francisco faz casamento de comissários de bordo durante voo no Chile

Quinta | 18.01.2018 | 19h00


Foto: Vincenzo Pinto /Reuters

O Papa Francisco fez o casamento de um casal de comissários de bordo durante um voo que ia de Santiago para Iquique, no norte do Chile, nesta quinta-feira (18), segundo a Reuters. Paula Podest Ruiz, de 39 anos, e Carlos Ciuffardi Elorriga, 41, contaram que já tinham se casado no civil, mas tinham programado o casamento no religioso em uma paróquia em Santiago, que ficou muito danificada no terremoto de 2010. Eles perguntaram se ele abençoaria a união deles, mas o pontífice foi mais além. “Vocês querem que eu faça o casamento de vocês?”, indagou o Papa Francisco. Apesar da surpresa da proposta, os noivos aceitaram e o papa presidiu uma breve cerimônia na parte dianteira do avião. O presidente da companhia Latam, Ignacio Cueto, foi chamado para ser testemunha. Como em qualquer casamento, Francisco abençoou as alianças e depois pediu a um dos cardeais que o acompanham para preparar a ata do matrimônio para que pudesse ser um evento legal. "Celebrante: Francisco", lê-se na ata do casamento, preparada por um cardeal, segundo a Efe. O porta-voz do Vaticano, Greg Burke, afirmou que a cerimônia é válida. “Tudo é oficial”, declarou.

Casal é preso por manter 13 filhos acorrentados nos EUA

Terça | 16.01.2018 | 18h00
Autor: G1


Uma mulher e um homem foram presos na noite desta segunda-feira (15) em Perris, na Califórnia, suspeitos de manterem os 13 filhos, com idades entre 2 e 29 anos, acorrentados, famintos e imersos na sujeira na casa dos pais. Louise Anna Turpin e David Allen Turpin foram presos depois que uma das filhas do casal, uma jovem de 17 anos, fugiu da casa no domingo (14) e chamou a polícia. A adolescente telefonou para o serviço de emergência 911 de um celular que encontrou na residência. A adolescente, que estava "magérrima" e parecia ter apenas dez anos, segundo a polícia, "afirmou que seus doze irmãos e irmãs eram mantidos em cativeiro na casa por seus pais, detalhando que alguns estavam acorrentados". Ainda não se sabe por quanto tempo os filhos foram mantidos em cativeiro. A princípio, a polícia pensou que se tratava de 12 menores, "desnutridos e muito sujos", mas depois percebeu que havia sete adultos, com idades entre 18 e 29 anos. Seis das 13 vítimas (incluindo a adolescente que fugiu) eram menores, e a mais nova tinha apenas dois anos. As autoridades fixaram uma fiança de US$ 9 milhões para os pais, denunciados por tortura, cárcere privado e por colocar os filhos em risco. Interrogados pela polícia, os pais não puderam "dar qualquer explicação razoável sobre por que motivo mantinham os filhos acorrentados". As vítimas foram alimentadas e estão recebendo tratamento, enquanto os serviços de defesa da infância abriram uma investigação. Não há informações sobre o estado de saúde dos filhos do casal.

Ano de 2017 foi o segundo mais quente da história

Domingo | 07.01.2018 | 11h00


O ano passado foi o segundo mais quente em todo mundo, atrás apenas de um escaldante 2016, com sinais de mudanças climáticas que vão de incêndios florestais ao derretimento de gelo ártico, informou hoje (4) um centro de monitoramento do clima da União Europeia, segundo a agência Reuters. O Serviço de Mudança Climática Copernicus, a primeira grande agência meteorológica internacional a relatar as temperaturas globais de 2017, disse que elas foram em média 14,7ºC maiores do as do período pré-industrial. O ano passado foi ligeiramente "mais fresco do que o ano mais quente registrado, e mais quente do que o segundo ano mais quente, 2015", disse o relatório. As temperaturas têm sido registradas desde o final do século 19. Os dados corroboram uma projeção da Organização Meteorológica Mundial, da ONU, feita em novembro, de que 2017 seria o segundo ou terceiro ano mais quente depois de 2016, como parte de uma tendência de longa data impulsionada por gases estufa produzidos pelo homem.

Após 150 anos, dia 31 de janeiro terá Lua Azul, Superlua e Lua de Sangue

Sexta | 05.01.2018 | 20h00


Foto: Dominique Dierick / Nasa

O dia 31 de janeiro representará a reunião de três fenômenos simultâneos, a primeira vez em 150 anos: a Superlua, a Lua Azul e a Lua de Sangue. De acordo com a revista Superinteressante, a Lua Azul é o único evento dos três que não é astronômico, mas sim tem relação com a forma de marcar o tempo – de acordo com calendário lunar, um mês dura 29,5 dias, enquanto o calendário gregoriano tem entre 30 e 31 dias – por causa dessa diferença, há fases cheias de tempos em tempos, o que é chamado de Lua Azul. A última vez em que isso aconteceu foi no dia 2 de julho de 2015. A Superlua, por sua vez, é quando o satélite terrestre aparece 14% maior e 30% mais brilhante no céu. Para isso, a lua precisa estar na fase cheia e estar mais próxima da Terra que o normal, o chamado perigeu (o momento em que a lua alcança o ponto mais distante do planeta corresponde ao “apogeu”). Já a “Lua de Sangue”, que também precisa de uma lua cheia, é o momento em que o satélite fica exatamente entre a Terra e o Sol, ficando com uma cor avermelhada.

Mãe é presa após fingir doença do filho e fazê-lo passar por 13 cirurgias

Sábado | 16.12.2017 | 15h00


Uma mãe foi presa por causar lesão grave ao filho, no estado americano do Texas, depois de convencer médicos de que a criança tinha uma rara condição genética. Kaylene Bowen levou o pequeno Christopher, de 8 anos, 323 ao hospital e conseguiu que ele passasse por 13 operações cirúrgicas, todas desnecessárias, no tratamento às supostas doenças. A informação é da Agência O Globo. De acordo com o "USA Today", Kaylene, de 34 anos, teve a guarda retirada do filho depois que a equipe médica do Centro Médico para Crianças do Texas alertou as autoridades. Enquanto a americana forçava as cirurgias, ela levantava recursos na internet com campanhas de financiamento coletivo e fotos de seu filho em tratamento. Uma delas arrecadou US$ 8 mil (cerca de R$ 24 mil) para a batalha do garoto contra uma malformação congênita. Ainda segundo a publicação, a farsa foi descoberta quando a mãe levou o pequeno ao centro médico de Dallas, no mês passado, e alegou que ele havia sofrido uma convulsão. O "Star-Telegram" teve acesso aos documentos médicos, segundo os quais os médicos desconfiaram que os sintomas do garoto haviam sido provocados. Os profissionais chamaram então o Serviço Protetivo das Crianças. Kaylene nega as acusações. Os investigadores suspeitam que o abuso médico contra a criança tenha começado quando ele tinha semanas de vida, em 2009. Até 2016, ele foi levado ao hospital 323 vezes. A americana tentava desde então colocar Christopher na lista de transplantes de pulmão e anunciava no Facebook que ele tinha câncer. A polícia investiga se Kaylene sofre de uma doença mental na qual o portador inventa ou causa doenças ou ferimentos em uma pessoa sob seus cuidados. O pai do menino, Ryan Crawford, separado da americana, destacou à rede "NBC" que o comportamento extremo começou logo após o nascimento de Christopher. "Os problemas escalaram até eventualmente ela dizer que meu filho estava morrendo. Eu estava horrorizado porque, até onde eu sabia, meu filho estava bem. Ele poderia ter morrido (com a ação da mãe). Apenas Deus o salvou", frisou o pai, que disse se sentir responsável por não conseguir interromper a sequência de cirurgias.

Fifa sorteia hoje, na Rússia, grupos da Copa do Mundo de 2018

Sexta | 01.12.2017 | 12h00


Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nesta sexta-feira (1º), às 13h (horário de Brasília) começa, em Moscou, a solenidade que vai definir os oito grupos da primeira etapa da Copa do Mundo, a ser disputada na Rússia no ano que vem. As rádios Nacional de Brasília e Nacional do Rio vão transmitir os sorteios que serão realizados pela Federação Internacional de Futebol (Fifa). Cada grupo terá quatro países. Em cada grupo, só podem ser sorteados no máximo dois países europeus e apenas um país de cada uma das confederações restantes. Os 32 países que irão disputar a Copa foram distribuídos em quatro potes com oito seleções em cada. A Rússia, como país-sede, se juntará aos sete melhores do ranking de outubro para formar o pote 1, com todos os cabeças-de-chave. Nesse pote, tem uma bolinha de cor vermelha e outras sete de outra cor. A bola vermelha será a primeira a ser sorteada e nela tem o nome da Rússia, que vai ser a cabeça-de-chave do grupo A. Em seguida, as outras sete bolas vão sendo sorteadas formando os cabeças-de-chave dos grupos B, C, D, E, F, G, E H. Sempre nessa ordem. Caso seja sorteada uma seleção que não possa ser colocada por causa das cláusulas previstas, de no máximo duas europeias e uma de cada confederação restante, a sorteada será deslocada para o grupo mais próximo até que atenda as exigências. Quando terminar o pote 1 passa-se para o pote 2 e assim por diante até o pote 4.

Professora casada obrigava alunos a fazer sexo com ela em troca de boas notas

Terça | 21.11.2017 | 07h30


Uma professora foi presa após ser acusada de fazer sexo com alunos menores de idade, e em troca, dava notas boas a eles. O caso foi registrado na cidade de Medellín, na Colômbia. Segundo informações da imprensa local, o crime foi descoberto após um dos pais ter visto os textos e as imagens trocados entre ela e o filho. Ao notar a gravidade do assunto, denunciou a docente à polícia. De acordo com a emissora Canal 4, a professora utilizava uma tática para atrair os alunos, que tinha entre 16 e 17 anos. Nas redes sociais, ela adicionava os estudantes como amigos e, em seguida, pedia o telefone deles. Momentos depois, dizia que ia "ajudá-los com os estudos". Após a denúncia ser divulgada, vários alunos resolveram falar sobre o caso e postaram a seguinte mensagem nas redes sociais. "Essa é a professora Yokasta. Ela nos disse nos reprovaria se não tivéssemos relações com ela". Além do texto, publicaram fotos da docente. Yokasta está presa, e o marido dela já pediu o divórcio. A escola na qual a educadora trabalhava não se pronunciou sobre o caso.

Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo, alerta OMS

Quarta | 15.11.2017 | 09h00
Autor: Agência Brasil


No Dia Mundial do Diabetes, lembrado ontem (14), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que cerca de 8% das mulheres - ou 205 milhões - vivem com diabetes em todo o mundo. O tema da campanha deste ano é “Mulheres e Diabetes: nosso direito a um futuro saudável”, que tem como foco promover o acesso a medicamentos e tecnologias essenciais para todas as mulheres com diabetes e com risco da doença, além de levar informações qualificadas para que elas fortaleçam sua capacidade de prevenir o diabetes tipo 2. Para o diretor da Sociedade Brasileira de Diabetes, Márcio Krakauer, o diabetes afeta a mulher em vários aspectos, o principal deles é o gestacional. Além disso, as mulheres passam pela menopausa, que é um momento em que a doença precisa ter um controle diferenciado. Elas também estimulam os homens a cuidar da própria saúde. Segundo Krakauer, 1 em cada 7 nascimentos no mundo é afetado por diabetes na gestação. “É uma doença muito frequente e que aumenta o risco de aborto e má formação do bebê e morte das mães. Com o tratamento, essas complicações são completamente evitáveis”, disse. O diabetes gestacional é um problema que surge durante a gravidez e que quase sempre se normaliza sozinho depois que o bebê nasce. A mulher fica com uma quantidade maior que o normal de açúcar no sangue, por causa dos hormônios e da incapacidade do corpo de produzir insulina extra para atender às necessidades do bebê. Krakauer explicou que já é uma prática dos ginecologistas pedir os exames de diabetes a partir das 24ª semana. Mas ressalta que é importante que as próprias mulheres também fiquem atentas para obter um diagnóstico precoce e evitar as complicações. O histórico de diabetes gestacional também é um importante fator de risco para desenvolvimento de tipo 2 da doença. Segundo a OMS, quase metade das mulheres que morrem em países de baixa renda devido à glicemia alta, morrem prematuramente, antes dos 70 anos.

Temer é o presidente mais impopular do mundo, diz pesquisa

Quinta | 26.10.2017 | 16h00


O brasileiro Michel Temer é o presidente com maior taxa de rejeição do mundo, atrás até do venezuelano Nicolás Maduro, segundo uma pesquisa do grupo de análise política Eurasia. De acordo com o levantamento, Temer detém 3% de aprovação popular, a menor em todo o mundo. Os dados foram coletados desde agosto. O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, que enfrenta denúncias de corrupção, tem 18%. Já o venezuelano Nicolás Maduro, que trava um confronto político interno com a oposição e cujo país fora sancionado em fóruns internacionais devido à censura e prisão de seus adversários, tem 23% de apoio popular.

81 milhões de pessoas são impedidas de comer devido à seca

Quarta | 25.10.2017 | 17h00


Um estudo divulgado nessa terça-feira (24) pelo BM (Grupo Banco Mundial) aponta que 81 milhões de pessoas são impedidas de comer devido às diversas secas que afetam o planeta e destroem alimentos. Milhões de famílias são condenadas à pobreza porque a precipitação, cada vez mais irregular, causa impactos maiores que desastres naturais. “Um sofrimento em câmera lenta”, cita o estudo “Águas inexploradas: a nova economia da escassez e a variabilidade da água”. “Temos que compreender melhor os impactos da escassez de água, problema que se agravará ainda mais devido ao crescimento demográfico e à mudança climática”, indica o diretor-sênior do Departamento de Práticas Globais da Água do Banco Mundial, Guangzhe Chen. Segundo informa o UOL, o órgão alerta que a seca afeta diretamente a produção agrícola e também uma série de repercussões inesperadas de grande relevância. O relatório destaca que, em zonas rurais da África, as mulheres nascidas em períodos de seca sofrem um atraso no seu desenvolvimento físico e mental. Este atraso faz com que sejam mais propensas a dolências, que afetam o seu nível de educação, o que com o tempo contribui para ter uma renda menor e uma maior probabilidade de sofrer violência doméstica. A excassez de chuvas também afeta gravemente as florestas do planeta, pois alterar os ecossistemas e facilita a propagação de incêndios, obrigando os agricultores a expandir os seus terrenos de cultivo. A falta de chuva causa ainda impacto na indústria também, já que um simples corte de água em uma empresa urbana pode reduzir o faturamento em mais de 8%. O estudo apresentado propõe diversas medidas para enfrentar o problema, como a construção de infraestruturas para o armazenamento de água e regularizações das empresas encarregadas de sua distribuição.

Até 2020, mais de 80 milhões de pessoas no mundo terão glaucoma

Sábado | 14.10.2017 | 17h50
Autor: G1


A Organização Mundial de Saúde (OMS) e centros de pesquisas internacionais estimam que, em 2020, 80 milhões de pessoas no mundo terão glaucoma. Em 2040, serão mais de 111 milhões de pessoas atingidas pela doença. O glaucoma não tem cura e é considerado a maior causa de cegueira irreversível. O diagnóstico precoce é a melhor forma de dar qualidade de vida ao paciente. O tratamento não permite o avanço da doença, mas não consegue recuperar parte da visão que o paciente perdeu. O glaucoma é um estreitamento do campo visual. Estudos indicam que 1,2% da população aos 40 anos tem o problema. Aos 80, esse índice chega a 8%. No Brasil já existem mais de 1,2 milhões de pessoas cegas, e a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até 80% dos casos de cegueira pelo mundo poderiam ser evitados ou tratados.

Numerólogo atualiza cálculos e diz que fim do mundo será neste domingo

Sexta | 13.10.2017 | 13h10
Autor: Bahia notícias


Já conhecido por suas teorias que não se confirmam, o numerólogo britânico David Meade anunciou que o Planeta Terra tem uma nova data para acabar. Seus novos cálculos apontam que o fim do mundo será neste domingo (15). Segundo informações de O Povo, a teoria é a mesma que ele difunde desde 2012: que o planeta Nibiru, também conhecido como "Planeta X", vai se chocar com a Terra. No entanto, a Nasa afirma que o planeta sequer existe. Mesmo assim, Meade não deixa de fazer sucesso com sua teoria conspiratória. "É possível que, no fim de outubro, estejamos prestes a entrar no período de tribulação de sete anos, para ser seguido por um milênio da paz", defende o numerólogo. Antes marcada para 23 de setembro, ele agora explica que essa data, na verdade, deu início a uma série de eventos catastróficos, que culminarão no fim da Terra.

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

Quinta | 12.10.2017 | 11h02
Autor: Da Agência EFE


(Foto: Ilustração)

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião do Dia Internacional da Menina, que a cada dez minutos morre no mundo uma menina vítima de violência. A informação é da Agência EFE. Em 2016, aproximadamente 535 milhões de crianças no mundo todo - uma em cada quatro - viviam em países afetados por conflitos violentos, desastres naturais ou outras emergências. Por isso, o Unicef destacou hoje os desafios que devem enfrentar milhões de meninas antes, durante e após as crises humanitárias. Três quartos desses menores vivem na África Subsaariana. Em países como o Sudão do Sul ou a Somália existem "milhões de meninas que continuam com seus direitos básicos negados". A diretora do Unicef para o Leste e Sul da África, Leila Pakkala, lembra que,  em situações de conflito, as meninas têm 2,5 vezes mais possibilidades de serem retiradas do colégio. "Em períodos de emergência e crise, a violência sexual afeta desproporcionalmente as meninas, que enfrentam alto risco de abusos, exploração e tráfico de menores", acrescenta. No caso do Sudão do Sul, o nível de violência sexual e física contra as meninas se intensificou muito por causa da instabilidade do país. Por isso, o Unicef treinou mais de 350 pessoas sobre como denunciar essas situações, além de criar 16 espaços seguros para mulheres e meninas. Além disso, a instituição destaca que a grave seca na região do Chifre da África afeta especialmente as meninas, que têm "menos recursos, menos mobilidade e mais dificuldade para acessar redes básicas de informação". Na Etiópia, o Unicef concentrou seus esforços em levar água para mais de 2,1 milhões de pessoas atingidas pela seca, com o objetivo de reduzir os riscos a que as crianças ficam expostas, por caminharem longas distâncias em busca de água. "Quando as meninas recebem melhores serviços, segurança, educação e habilidades, estão em melhor posição para enfrentar conflitos ou desastres naturais", acrescenta o documento, que pede  "investimento focalizado e colaboração" para "capacitar as meninas".

 

Brasil joga com Chile e Argentina decide vaga para Copa no Equador

Terça | 10.10.2017 | 16h00
Autor: G1


Líder com vaga garantida antecipadamente para o Mundial de 2018, a seleção brasileira de futebol encerra nesta terça-feira (10) sua campanha nas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo da Rússia, contra o Chile, em São Paulo, numa partida em que estarão em jogo a classificação chilena e a vaga da Argentina, que vai decidir sua classificação contra o Equador, já desclassificado, na casa do adversário. Uma vitória brasileira na Arena Palmeiras ajudará a equipe portenha, desde que o time de Messi vença o jogo em Quito. Quatro vagas estão em disputa, sendo três diretas e uma na repescagem contra a Nova Zelândia, representante da Oceania. A rodada é a seguinte: Paraguai x Venezuela; Brasil x Chile; Equador x Argentina; Peru x Colômbia e Uruguai x Bolívia. Todas as partidas começarão 20h30, pelo horário de Brasília. 

Homem preso diz que veio de 2048 para avisar sobre invasão alienígena

Domingo | 08.10.2017 | 09h00
Autor: Estadão


A polícia de uma cidade do Estado de Wyoming, Estados Unidos, afirmou que um homem preso por intoxicação pública declarou que era um viajante do tempo e tinha voltado ao passado para alertar a população de uma invasão alienígena. As informações são da Associated Press (AP). Os agentes policiais da cidade de Casper afirmaram que o homem, encontrado às 22h30 (horário local) da última segunda-feira, disse que veio do ano 2048. Segundo uma rádio local, o homem queria avisar aos habitantes que deveriam sair da área, pois os alienígenas chegarão à cidade no ano que vem. O homem disse também que chegou em 2017 por acidente, pois o ano correto a que deveria ter sido transportado era 2018. Além disso, afirmou que só foi capaz de viajar no tempo porque os alienígenas encheram seu corpo com álcool.

Argentina empata com Peru na Bombonera e pode ficar fora da Copa de 2018

Sexta | 06.10.2017 | 09h00
Autor: Rádio Nacional


Em um jogo dramático em Buenos Aires, no mítico estádio La Bombonera, do Boca Juniors, a Argentina empatou com o Peru em 0 x 0, na noite desta quinta-feira, caiu para o 6º lugar nas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo, com 25 pontos e agora não depende mais apenas de si para alcançar a vaga entre os quatro primeiros colocados que se classificam para o mundial. Faltando apenas uma rodada, mesmo vencendo o Equador na próxima terça-feira (10), os argentinos garantem apenas a repescagem para disputar uma vaga na Rússia com a Nova Zelândia, representante da Oceania. Já um empate pode até deixar o time de Messi definitivamente fora da copa, a depender dos resultados dos outros jogos. Para chegar nas quatro vagas, a Argentina precisa vencer o Equador e torcer para um empate entre Peru e Colômbia ou por uma vitória do Brasil, seu maior rival e já classificado, contra o Chile. Se perder o jogo em Quito, estará eliminada. O Uruguai, que poderia ter se classificado se vencesse a Venezuela, apenas empatou em 0x0 e depende de um empate no jogo com a Bolívia, penúltima colocada, na rodada final. Os resultados da 17ª rodada das eliminatórias sul-americanas foram os seguintes: Bolívia 0x0 Brasil; Venezuela 0x0 Uruguai; Colômbia 1x2 Paraguai; Argentina 0x0 Peru; Chile 2x1 Equador. Os jogos da última rodada são: Brasil x Chile; Paraguai x Venezuela; Uruguai x Bolívia; Peru x Colômbia; Equador x Argentina.A classificação é a seguinte: 1º, Brasil, 38; 2º, Uruguai, 28; 3º, Chile, 26; 4º, Colômbia, 26; 5º, Peru, 25; 6º, Argentina, 25; 7º, Paraguai, 24; 8º, Equador, 20; 9º, Bolívia, 14; 10º, Venezuela, 9. Pelas eliminatórias europeias, Alemanha e Inglaterra venceram nesta quinta-feira e garantiram suas vagas para a Copa da Rússia. Os resultados foram os seguintes; Irlanda no Norte 1x3 

Morre aos 91 anos Hugh Hefner, criador da revista Playboy

Quinta | 28.09.2017 | 17h21
Autor: Bahia Notícias


Foto: Reprodução

O fundador da revista Playboy, Hugh Hefner, morreu na noite desta quarta-feira (27) em sua casa em Los Angeles, na Califórnia (EUA). O falecimento foi feita pela conta oficial da revista no Twitter. “O ícone americano e fundador da Playboy, Hugh M; Hefner, faleceu hoje. Ele tinha 91 anos”. A mensagem foi acompanhada de uma foto com uma frase do empresário: “A vida é muito curta para viver o sonho de outra pessoa”. As causas da morte não foram divulgadas. Hefner criou a Playboy Enterprises em 1953 – a companhia começou com a revista homônima e depois com conteúdo para TV, rádio e internet, além de licenciamento de produtos, o que inclui sua clássica logo, com um coelho. "Meu pai viveu uma vida excepcional e impactante. Defendeu de alguns dos movimentos sociais e culturais mais importantes do nosso tempo, na defesa da liberdade de expressão, dos direitos civis e da liberdade sexual. Ele definiu um estilo de vida", afirmou em nota seu filho, Cooper Hefner, atualmente chefe de criação do grupo.

Forte terremoto abala o México e deixa centenas de mortos

Quinta | 21.09.2017 | 18h11
Autor: G1


(Foto: Reprodução)

Um forte tremor de terra abalou o México na tarde desta terça-feira (19). O Serviço Geológico dos EUA (USGS) detectou um terremoto de magnitude 7,1 com epicentro perto da cidade de Izucar de Matamoros, que fica ao sul da capital mexicana, às 15h14 (hora de Brasília). A agência Reuters ouviu autoridades locais que contabilizaram 226 mortos, nos estados de Morelos, Puebla e Guerrero, na capital federal e na Cidade do México. Há relatos e imagens de construções desmoronadas ou danificadas em diversos lugares da Cidade do México. A Defesa Civil disse à agência Reuters que há pessoas presas e vários focos de incêndio. O abalo ocorreu exatamente 32 anos depois do grande terremoto mexicano de 19 de setembro de 1985, que matou pelo menos dez mil pessoas -- o número total é incerto. "Estou consternada, não consigo parar de chorar, é o mesmo pesadelo que em 1985", afirmou Georgina Sánchez, de 52 anos, em lágrimas, chorando em uma praça da cidade. Por conta dessa data, antes do abalo verdadeiro desta tarde, a Secretaria de Proteção Civil mexicana realizou, pela manhã, uma simulação de um terremoto de magnitude 8.0, com epicentro em Guerrero.O exercício teve início às 11 horas (13 horas em Brasília), pouco mais de duas horas antes do terremoto real, e marcou o aniversário do tremor de 1985. O presidente mexicano Enrique Peña Nieto, que estava em Nova York para a Assembleia Geral da ONU, decidiu imediatamente voltar a seu país.

Número de mortos após terremoto no México chega a 226

Quarta | 20.09.2017 | 13h05
Autor: Por: Associated Press | Estadão Conteúdo


Foto: Reprodução

A agência de defesa civil do México informou na madrugada desta quarta-feira (20) que já foram confirmadas 226 mortes após o terremoto de 7,1 pontos que atingiu o país na véspera. Dezenas de prédios ruíram na Cidade do México e em Estados próximos. O chefe da agência, Luis Felipe Puente, informou pelo Twitter que há 117 vítimas fatais confirmadas na Cidade do México, 55 no Estado de Morelos (que fica ao sul da capital do país), e 39 no Estado de Puebla - onde o abalo teve seu epicentro. Outras 12 pessoas morreram no Estado do México (que circunda a capital) e três no Estado de Guerrero. O número da Defesa Civil não incluiu uma morte no Estado de Oaxaca, anunciada por autoridades locais. O epicentro do tremor foi na cidade de Raboso, em Puebla, a 123 quilômetros a sudeste da Cidade do México. 

Polícia procura responsável por atentado no metrô de Londres

Sexta | 15.09.2017 | 16h10
Autor: Agência Brasil


Polícia de Londres faz buscas no metrô Andy Rain / EFE

A polícia britânica iniciou uma ampla operação de busca pelo responsável ou responsáveis que explodiram hoje (15) uma bomba de fabricação caseira em um vagão do metrô de Londres e deixou mais de 20 feridos, segundo os meios locais. O jornal The Guardian informou que os investigadores da Scotland Yard (a Polícia Metropolitana de Londres) estão examinando imagens do circuito de televisão do metrô londrino para determinar por onde entrou e saiu o autor deste ataque terrorista, ocorrido na estação Parsons Green, no trecho externo da linha District. A operação busca quem levou o o artefato até o vagão e se este foi detonado pessoalmente ou por controle remoto. O artefato usado neste atentado terrorista será examinado por especialistas, que esperam encontrar pistas sobre os responsáveis assim que determinarem o método de fabricação, os produtos químicos e o tipo de detonador, segundo a agência EFE.  declarou a premiê.