Barra Urgente

Barra Urgente


Resultado da busca pelo arquivo de "05/2015"

Uma hora por dia em frente à TV aumenta risco de sobrepeso em crianças, revela pesquisa

Sábado | 02.05.2015 | 10h00
Autor: Blog Saúde Infantil


Foto Reprodução


Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Virginia, nos Estados Unidos, indica que passar entre uma e duas horas por dia em frente à televisão é o suficiente para aumentar em 47% o risco de obesidade e em 43% o de sobrepeso, em crianças de cinco a oito anos. Os resultados foram apresentados no encontro anual das Sociedades Acadêmicas de Pediatria, realizado em San Diego, na Califórnia. Os pesquisadores avaliaram os hábitos de 11 mil crianças e as que veem um ou mais horas de TV por dia registrou 39% de probabilidade de ficar com excesso de peso e 86% de atingir a obesidade entre o jardim de infância e a entrada no 1.º ciclo. A conclusão contraria as diretrizes da Academia Americana de Pediatria, instituição que define os limites de referência, cuja recomendação é que as crianças passem no máximo duas horas diárias em frente ao aparelho. Mark DeBoer, professor de pediatria e coordenador do estudo, espera que seus dados possam ajudar a mudar essa indicação para uma até hora diária.
 

Barra da Estiva: Ônibus tomba na BA-142

Sábado | 02.05.2015 | 08h00
Autor: Blog do Anderson


Foto Reprodução

Um ônibus da Viação Novo Horizonte tombou na BA-142, próximo a Barra da Estiva, na manhã desta sexta-feira (1). No momento dez passageiros eram levados no veículo e ficaram levemente feridos. Um grupo foi levado ao Hospital de Barra da Estiva e liberados em seguida. Os viajantes que saíram de Bonito com destino a São Paulo, foram conduzidos em outro ônibus ao Sul do Brasil. A Polícia Rodoviária Estadual registrou e apura as causas do acidente.

 

Estádios modernos arrecadam oito vezes a média dos mais antigos

Sexta | 01.05.2015 | 20h00

A final do Campeonato Paulista, nesta semana, se tornou um exemplo do abismo entre os clubes que atuam nas novas arenas e os que continuam jogando nos seus estádios históricos. As diferenças entre a exuberante Arena Palmeiras, usada no primeiro jogo da final, e a clássica Vila Belmiro, que recebe a finalíssima, refletem o que se está vendo em todo o país: as novas instalações construídas na última década estão arrecadando em média oito vezes a bilheteria dos velhos estádios e recebendo quatro vezes a média de público.

A diferença só não é maior porque a Arena das Dunas, em Natal, tem média de 2.821 pagantes, e a Arena Pantanal, de 958 torcedores, com ocupação média de 2% nas 17 partidas lá realizadas neste ano, reunindo 15 dos 20 piores públicos cadastrados em 2015 no Brasil, sendo o menor deles 106 pagantes (Cuiabá 1 x 0 Poconé) para uma capacidade de 43.600 lugares.

O GloboEsporte.com está acompanhando diariamente a ocupação de estádios em jogos de clubes que disputarão neste ano as séries A, B e C do Campeonato Brasileiro. A diferença impressiona. Dos bons e velhos estádios brasileiros, o que conta com a melhor média de público é o Arruda, em Pernambuco, com 15.586 pagantes em cada uma das cinco partidas lá disputadas. A marca apareceria na oitava colocação entre as médias das novas arenas.

Com média de 9.198 pagantes em cada um dos sete jogos disputados, a Vila Belmiro tem a oitava marca entre os "velhinhos", ocupando a 17ª colocação no geral. No primeiro jogo da decisão, o Palmeiras vendeu 39.479 ingressos, com renda bruta de R$ 4.181.281,00, a maior do país no ano. Para o jogo decisivo, foram disponibilizados 14 mil entradas para a Vila.

Tarifas de água e esgoto terão reajuste de 9,97%; aumento valerá em junho

Sexta | 01.05.2015 | 16h00
Autor: G1


Foto Reprodução

Foi autorizado o reajuste anual, em 9,97%, das tarifas de água e esgoto da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (1º) pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), por meio da Resolução nº 001 de 2015. A decisão será publicada no Diário Oficial do Estado na próxima quarta-feira (6).

Com o aumento, a tarifa residencial social passará de R$ 9,40 para R$ 10,30; a residência intermediária de R$ 18,40 para R$ 20,20 e a residencial normal de R$ 20,90 para R$ 23. O percentual será aplicado de forma linear sobre a estrutura tarifária vigente e passará a vigorar a partir do dia 6 de junho.

De acordo com a Agersa, a correção, prevista em lei, se deu com base na variação da inflação, corrigido pelo IPCA e outros parâmetros, como a elevação dos custos fixos, a exemplo da energia elétrica, um dos principais custos da prestadora. O aumento é válido para os municípios em que a Embasa atua.

Baianão 2015: Cerca de 30 ônibus devem levar conquistenses para a final, em Salvador

Sexta | 01.05.2015 | 12h00
Autor: Blog do Rodrigo Ferraz


Foto Reprodução

Ao que parece, a torcida do Vitória da Conquista vai viajar em peso para apoiar o time na tentativa dedar o último passo rumo ao título inédito do Campeonato Baiano, no próximo domingo (3). Em entrevista ao jornal A Tarde, o ex-presidente da Torcida Criptonita, Paulo Henrique (Paulete), disse que cerca de 30 ônibus deverão deixar Vitória da Conquista com destino a Salvador, levando torcedores do Alviverde. “Isso sem contar os que vão em carros particulares”, lembra Paulete.

Só a Torcida Criptonita deverá 13 ônibus que deverão sair de Conquista em dois grupos: um na sexta-feira à noite, e outro no sábado, segundo Paulo Henrique, que justifica a empolgação os conquistenses em viajar cerca de 7 horas na esperança de ver o Bode levar o título que está mais perto do que nunca: “É um momento único para a gente. Não é só pelo 10º aniversário do time, tem também a questão de uma cidade do tamanho de Conquista nunca ter chegado tão longe no Estadual”.

Baiano abandona carreira em Direito e se torna narrador de games

Sexta | 01.05.2015 | 10h00
Autor: iBahia


Foto Reprodução

O baiano Tácio Schaeppi ganha a vida narrando e-sports (competições organizadas de jogos de video-game). Schaeppi iniciou sua trajetória em 2013 e em menos dois anos se tornou um dos dois narradores mais importantes de League of Legends (jogo no qual duas equipes de cinco jogadores se enfrentam em uma arena, e cujo objetivo é destruir o coração da base adversária, chamado nexus).

Formado em Direito, ele conta que largou a carreira de advogado para se dedicar à narração de e-sports. "Exerci a profissão por oito anos, no mesmo escritório, mas quando surgiu a oportunidade de ser narrador profissional, eu tive que tentar, caso contrário iria passar o resto da vida me perguntando o que teria acontecido se eu tivesse aceitado", conta.

E o narrador baiano não tem do que reclamar. Ele é uma das estrelas em um mercado extremamente profissional e com altas remunerações. Tácio conta que há narradores que faturam mais de R$ 10 mil por mês e que a estrutura de transmissão das partidas conta com profissionais capacitados. "A equipe, editores, diretores, etc, é composta por pessoas que já atuaram nos maiores eventos esportivos do mundo, como Copa do Mundo de Futebol e Olimpíadas", diz.

O narrador estará em Salvador em 16 e 17 de maio, no Gamepólitan 2015, onde fará a narração das partidas de League of Legends do evento.

Tácio, que tem 28 anos, revela que sua iniciação como narrador de games foi bastante natural. "Sempre fui viciado em video-games e costumava narrar as partidas que jogava com meus amigos. A gente jogava, e atavés do Skype eu ia narrando de forma bem humorada os jogos", lembra.

Ele conta que sua vida começou a mudar quando ajudou na organização da segunda edição do Gamepólitan (maior evento de games de Salvador), em 2013. "Ricardo (Ricardo Silva, idealizador e organizador do Gamepólitan) quis fazer uma arena de League of Legends no evento, mas constatou que ficava muito caro trazer um narrador de fora", afirma. "Eu me voluntariei para fazer a locução no evento, e já fiz minha estreia para sete mil pessoas", diz.

A partir daí, com a boa atuação no evento, Tácio começou a ser requisitado. "Ainda em 2013, passei a ser advogado de segunda a sexta, e no fim de semana atuava como narrador para um campeonato amador de Salvador, mas que era gerido por uma empresa alemã. Ganhava em dólar até", conta.

No inicio de 2014, ele afirma que foi convidado pela maior produtora de eventos de jogos eletrônicos do Brasil para narrar as ligas norte-americana e europeia. "Fazia a transmissão lá de São Paulo. Recebíamos o sinal de fora e eu narrava em cima do jogo", afirma.

Nesta época, ele conta que passou quatro meses morando na capital paulista, fazendo a locução dessas ligas, e depois retornou a Salvador.

"Voltei e, nessa época, comecei receber convites para narrar diversos jogos", revela. "Fiquei nesta ponte aérea entre Salvador e São Paulo até dezembro de 2014, quando a Riot Games, empresa que produz o League of Legends, me chamou para um teste junto com outras 16 pessoas", conta. Tácio passou e hoje é narrador exclusivo da Riot. "Narro o campeonato brasileiro e as ligas europeia e norte-americana", afirma.

Schaeppi explica que, no campeonato brasileiro, as partidas seletivas são realizadas com cada time em sua casa, mas a partir das fases posteriores, as equipes vão até o estúdio da Riot, onde são realizados os jogos.

Impostos sobre cerveja e refrigerante sobem 10% em maio

Sexta | 01.05.2015 | 08h00
Autor: Bahia Notícias


Foto Reprodução

A partir deste mês, os tributos sobre as bebidas frias – refrigerantes, cervejas, energéticos e isotônicos – subirão 10% em média. O Diário Oficial da União publicou nesta quinta-feira (30) decreto que regulamenta o novo modelo de tributação para o setor. De acordo com a Receita Federal, o repasse para os preços finais, no entanto, dependerá de cada fabricante. A lei com as mudanças na incidência e na cobrança de tributos havia sido publicada em janeiro, mas precisava ser regulamentada para entrar em vigor. Cobrado na produção, o IPI corresponderá a 6% para cervejas e a 4% para as demais bebidas frias. Segundo a Agência Brasil, o decreto estabeleceu ainda o conceito de cerveja especial e de chope especial, que pagarão menos IPI e PIS/Cofins. Comerciantes em início de atividade também serão beneficiados com desconto nas alíquotas. De acordo com a Receita Federal, as alíquotas não eram atualizadas há dois anos. O governo espera arrecadar mais com o novo modelo. A expectativa é que a mudança acarrete receitas extras de R$ 868 milhões em 2015, R$ 2,05 bilhões em 2016, R$ 2,31 bilhões em 2017 e R$ 3,26 bilhões em 2018.